Ácaros: O que é e como evitá-los?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

ácaro é um dos principais responsáveis pelas crises respiratórias, principalmente em pessoas que possuem asma e rinite. Devido ao clima quente e úmido, a proliferação deste pequeno aracnídeo é favorecida dentro dos lares brasileiros, aumentando, consequentemente, os problemas de saúde¹.

Pensando nisso, o blog do Sterilair elaborou um conteúdo completo com tudo o que você precisa saber sobre os ácaros, além de dicas para eliminar esse alérgeno de maneira prática. Confira!

 

Ácaro
Fonte: iStock

Índice de conteúdo

  1. O que é ácaro?
  2. Como os ácaros se proliferam?
  3. Ácaros: inimigos da saúde
  4. Sintomas de alergia ao ácaro
  5. Ácaro em diferentes épocas do ano
  6. Como prevenir o ácaro domiciliar: dicas práticas
  7. Saiba mais sobre o Sterilair
  8. Referências bibliográficas

O que é ácaro?

Pertencentes à mesma família das aranhas, os ácaros são pequenos aracnídeos de tamanho microscópico que podem viver em diversos tipos de superfícies, como água, solo e até mesmo em animais, assim como os seus “primos” carrapatos.

Atualmente, há mais de 55 mil espécies catalogadas, porém estima-se que possa haver cerca de 1 milhão de tipos de ácaros ainda não conhecidos.

Como os ácaros se proliferam?

Os ácaros domésticos, aqueles responsáveis pelas doenças alérgicas, adoram locais quentes e úmidos. Essas pequenas criaturas se reproduzem de maneira rápida em climas de 25°C a 30°C, como é o caso da maior parte das regiões brasileiras.

Essa espécie de aracnídeo costuma se proliferar em superfícies como:

  • Colchões;
  • Almofadas;
  • Sofás;
  • Tapetes;
  • Cobertores;
  • Toalhas;
  • Ursinhos de pelúcia;
  • Caminhas de cachorro.

Para se ter uma ideia, em um metro quadrado de tapete, é possível encontrar até 100 mil ácaros. Isso porque esse bichinho se alimenta da descamação da pele humana (epiderme) e animal. Além disso, o excremento dos ácaros e os ácaros mortos soltam uma fina poeira que ajuda na piora das alergias.

Ácaros: inimigos da saúde

Os ácaros, como já foi citado anteriormente, são responsáveis por mais de 80% das doenças e alergias respiratórias³.

Porém, esse bichinho também pode afetar áreas cutâneas, ou seja, regiões da pele, provocando a formação de cravos e, em casos mais graves, causando sarna — infecção contagiosa que promove coceira.

Confira a seguir os quatro tipos de ácaros domiciliares mais comuns e os malefícios que eles podem trazer para sua saúde e bem-estar:

Dermatophagoides pteronyssinus

O Dermatophagoides pteronyssinus é um tipo de ácaro que se alimenta de fungos e está muito presente na poeira doméstica. Essa espécie é responsável por causar doenças como rinite, asmas e dermatites — inflamações dolorosas na pele.

Blomia tropicalis

Muito comum em países que apresentam climas tropicais, o Blomia tropicalis é uma espécie predadora que se alimenta de outros tipos de ácaros. Esse aracnídeo está muito presente em colchões e cobertas, por isso é um dos maiores causadores de alergias e coceiras que atacam durante a noite.

Tyrophagus putrescentiae

Ácaro muito presente em produtos, como, por exemplo, cereais, legumes, rações, queijos e alguns tipos de carnes armazenadas indevidamente, onde há uma grande concentração de umidade. Essa espécie se prolifera juntamente com o bolor e pode causar fortes infecções a quem ingeri-la.

Sarcopets scabiei

O Sarcopets scabiei é o ácaro causador da escabiose, ou, como é popularmente conhecida, sarna. Este parasita costuma depositar os seus ovos em superfícies como roupas e objetos, podendo infectar tanto humanos quanto animais domésticos.

Sintomas de alergia ao ácaro

Os sintomas de uma alergia causada pelos ácaros podem variar de pessoa para pessoa, porém os mais comuns são:

  • Sensação de peito fechado no período noturno;
  • Espirros;
  • Tosse seca;
  • Coceiras na pele e nos olhos;
  • Dores de cabeça;
  • Bloqueio nasal;
  • Coriza;
  • Em casos mais graves, asma.

Ácaros em diferentes épocas do ano

Se engana quem pensa que os ácaros só se proliferam e causam alergias nas épocas quentes e secas do ano. No inverno, por exemplo, também é possível sentir os malefícios causados por esses bichinhos!

Isso ocorre porque nos dias frios deixamos, na maioria das vezes, as janelas fechadas, ocasionando pouca ventilação, e utilizamos roupas e cobertores que estão guardados há muito tempo — e, consequentemente, estão repletos de ácaros.

Dessa forma, quando temos crises alérgicas nessas épocas confundimos os sintomas e acreditamos que seja apenas um resfriado. Porém, o problema na verdade está dentro de casa, e, se não for tratado de maneira correta, pode acarretar danos mais sérios à saúde.

Como prevenir o ácaro domiciliar: dicas práticas

É sempre importante lembrar que não é o bichinho em si que causa os problemas de saúde, e sim as fezes do ácaro. Então, para acabar com isso, seria necessário eliminar toda a poeira doméstica!

Esse trabalho seria muito difícil — para não dizer impossível –, pois o pó dos ácaros se acumula de maneira microscópica entre as fibras das superfícies.

Mas não se preocupe! Há algumas medidas práticas para reduzir a presença desse pequeno animal e, assim, deixar os cômodos da sua casa longe de resíduos que desencadeiam problemas respiratórios. Confira!

Ácaros no colchão e nos travesseiros

ácaro no conchão

Para prevenir a aparição de ácaros no colchão e nos travesseiros, é preciso tomar algumas medidas, como:

  • Pelo menos uma vez por semana colocar o colchão e os travesseiros para tomar Sol;
  • Usar fronhas antibacterianas;
  • Lavar o travesseiro a seco — a umidade que fica dentro do item na hora da sua secagem auxilia na proliferação do ácaro;
  • Virar o colchão a cada 15 dias;
  • Trocar os travesseiros a cada dois anos;
  • Trocar a roupa de cama uma vez por semana.

Ácaros no sofá

ácaro no sofá

O sofá também é um grande alvo dos ácaros! Para preveni-los, você pode:

  • Aspirar, pelo menos uma vez a cada duas semanas, o estofado;
  • Deixar as janelas do cômodo em que o móvel se encontra abertas por um período para diminuir a umidade;
  • Evitar o uso de mantas no sofá;
  • Não comer no sofá, pois os restos de comida favorecem o aparecimento de poeira;
  • Higienizar o móvel a cada seis meses. Para isso, você pode utilizar uma solução de vinagre e água.

Ácaros no ambiente

ácaro no ambiente

Para ter uma maior prevenção dos ácaros, é preciso muito mais do que apenas limpar os móveis e roupas de cama, por exemplo. Também é necessário esterilizar o ar do ambiente para eliminar todo o ecossistema desse pequeno animal.

Para acabar com esse problema, você pode utilizar o purificador de ar Sterilair — um aparelho que elimina 99% dos microrganismos suspensos no ar.

A eficiência deste dispositivo é comprovada por renomadas instituições nacionais e internacionais, como Universidade de São Paulo (USP), Instituto Pasteur, Fundação Oswaldo Cruz, Sociedade Francesa de Aerobiologia e New York Testing Laboratories.

O Sterilair funciona da seguinte maneira: o aparelho suga o ar contaminado, que passa por blocos que alcançam uma temperatura que varia de 270 a 320 graus. Dessa forma, ao passar o ar por esse alto calor, os microrganismos são desnaturados, esterilizando o ambiente.

A eliminação dos ácaros ocorre pela erradicação do seu ciclo biológico, pois esse aracnídeo precisa dos fungos presentes para se alimentar.

sterilair

Saiba mais sobre o Sterilair!

Acesse o link e assista ao vídeo para entender melhor o funcionamento do Sterilair na prevenção dos ácaros!

Referências bibliográficas

1 GELLER, Mario.Alergia aos ácaros no Rio de Janeiro: análise prospectiva em 700 pacientes com asma e(ou) rinite.Brasil, 1996.Disponível em:<http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=ADOLEC&lang=p&nextAction=lnk&exprSearch=178620&indexSearch=ID>. Acesso em: 17 Julho. 2019.

2 STERILAIR.Como os ácaros surgem? Do que eles se alimentam? Entenda por que sua casa pode estar abrigando esses aracnídeos!. Brasil, 2018. Disponível em:<https://blog.sterilair.com.br/alergias-respiratorias-como-acaros-surgem/>. Acesso em: 17 Julho. 2019.

3 UNICAMP. Colchões são abrigo preferido de ácaros. Brasil, 2003. Disponível em: <https://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/maio2003/ju211pg9a.html>. Acesso em: 17 Julho. 2019.

4 NEW YORK TESTING LABORATORIES.Avaliação do Sterilair contra bactérias e fungos. Nova Iorque, 1998. Disponível em: <https://drive.google.com/file/d/0B2i2rUDirDciSmJZejBNczNIYTA/view>. Acesso em: 17 Julho. 2019.

Já pensou respirar melhor e ter uma sensação de bem estar dentro de ambientes fechados?

Livre-se dos vírus, bactérias e mofos presentes no ar. Tenha o ar puro que sua família merece!
Oferta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *