09 alimentos para prevenir e amenizar as alergias respiratórias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Alimentos ricos em vitamina C e com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias são as melhores escolhas para o prato de pessoas com sofrem com rinite e asma alérgica

A prevenção das alergias respiratórias envolve principalmente o controle ambiental, muitas vezes associado ao uso contínuo de medicamentos. Porém, um bom estado de saúde geral também é essencial para afastar as crises, aliviar seus sintomas e evitar complicações.

E, como você sabe, ter boas condições de saúde depende de uma alimentação equilibrada. Isso não é diferente quando se trata da prevenção contra a rinite e asma alérgicas, mas existem alguns alimentos que se destacam nessa tarefa.

Por isso, se você sofre com esse tipo de alergia, saiba quais alimentos devem marcar presença no seu prato:

  1. Frutas cítricas

Quando falamos em frutas cítricas, logo nos vêm à mente a laranja, o limão e a tangerina, mas esse grupo tem outras representantes que nos ajudam a combater as alergias respiratórias, como acerola, abacaxi, kiwi, morango e maracujá.

suco de laranja alimentos que previnem alergias respiratórias

O segredo está na vitamina C e nos antioxidantes, que reforçam o sistema imunológico e dificultam o surgimento de gripes e resfriados depois de uma crise de rinite, por exemplo.

O abacaxi ainda se destaca por ter bromelina, uma substância com propriedades anti-inflamatórias que acalma a mucosa nasal e diminui a congestão.

  1. Vegetais de folhas verde-escuras

Famosos por seu alto valor nutricional, vegetais de folhas verde-escuras como agrião, brócolis, couve, espinafre e rúcula são ricos em clorofila, pigmento que também tem propriedades antioxidantes.

Além disso, esses vegetais são ricos em vitamina C, selênio, cobre, zinco e fósforo, que reforçam o sistema imunológico. Os brócolis ainda ganham destaque por conter kaempferol, um flavonol que reduz o impacto das substâncias ligadas às reações alérgicas.

Veja também: Aspirador de pó é essencial para alérgicos?

  1. Frutas e vegetais amarelos e alaranjados

Frutas e vegetais de cor amarela e laranja, como acerola, damasco, nectarina, manga, abóbora, batata-doce e cenoura, são ricos em betacaroteno, um pigmento com propriedades antioxidantes e que é precursor da vitamina A.

Novamente, esses alimentos contribuem para a saúde das células de defesa, ajudando-as a combater micro-organismos que possam se aproveitar das alergias respiratórias para causar doenças.

  1. Alho e cebola

Além de acrescentar muito sabor aos nossos pratos, os dois temperos mais famosos da culinária brasileira contêm enzimas que ajudam nosso organismo a combater infecções causadas por vírus, fungos e bactérias.

Como as vias aéreas ficam mais sensibilizadas em um quadro de alergia e a secreção nasal tende a se acumular, criando um ambiente propício para complicações como a sinusite, o alho e a cebola são bons aliados para reforçar o sistema imunológico.

  1. Gengibre

A presença dessa raiz em tantos medicamentos para o alívio de gripes, resfriados e dores de garganta não é à toa, pois o gengibre oferece propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que ajudam a acalmar a irritação das mucosas nas alergias respiratórias.

Além disso, essa especiaria de sabor picante tem ação adstringe e expectorante, facilitando a eliminação da secreção nasal, e ainda tem efeito bactericida, o que ajuda nosso organismo a impedir a entrada de bactérias nocivas.

Não deixe de ver: Limpeza doméstica – 09 dicas para os alérgicos.

  1. Mel

Assim como o gengibre, o mel é outro ingrediente muito comum em medicamentos para aliviar sintomas de gripes e resfriados. Seus efeitos também são parecidos com os da raiz: o mel facilita a expectoração do muco e tem propriedades anti-inflamatórias.

Ainda, esse alimento apresenta ação bactericida e fungicida, que contribui para evitar a proliferação de micro-organismos causadores de doenças especialmente nas cavidades nasais, que estão repletas de secreção.

  1. Peixes gordurosos

Peixes como salmão, atum, sardinha e arenque, conhecidos como peixes gordurosos, são ricos em ômega 3, um ácido graxo famoso por oferecer proteção para a saúde do cérebro, do coração e dos vasos sanguíneos.

Isso acontece porque o ômega 3 é um poderoso anti-inflamatório, efeito que também nos ajuda a prevenir e aliviar as alergias respiratórias especialmente nos casos crônicos como rinite e asma.

salmão no prato alimentos que previnem alergias respiratórias

  1. Linhaça

Assim como os peixes gordurosos, a linhaça é rica em ômega 3 – e ainda oferece boas doses de vitamina C, E e do complexo B, essenciais para o bom funcionamento do sistema imunológico e do organismo como um todo.

Além disso, a linhaça contém uma alta concentração de selênio, um mineral associado com a prevenção e o alívio de sintomas da rinite alérgica, especialmente a sazonal.

  1. Água

Recomendar a ingestão de água pode parecer clichê, mas ela é realmente importante no combate às alergias respiratórias por lubrificar as mucosas e fluidificar as secreções, facilitando a sua eliminação.

Caso você tenha dificuldade em tomar água pura, os chás naturais também podem ajudar, pois eles contêm flavonoides que contribuem para aliviar os sintomas da rinite.

Confira melhor: Rinite alérgica x rinite crônica – Como saber a diferença entre elas e adaptar o ambiente

Outras formas de prevenir alergias respiratórias

Embora os alimentos exerçam um papel muito importante para aliviar sintomas e evitar novas crises, a principal forma de prevenção à rinite e à asma alérgica continua sendo o controle ambiental visando à redução da quantidade de alérgenos.

Para tanto, é necessário investir em uma rotina minuciosa de limpeza e organização da casa, de modo a reduzir a poeira doméstica, onde se desenvolvem os ácaros, e evitar o excesso de umidade, que propicia a proliferação do mofo.

Porém, nem mesmo a limpeza mais impecável conseguiria manter a casa 100% livre dos alérgenos, que podem ser carregados pelo vento, pelos animais ou mesmo pelas roupas que usamos. Por isso, é importante também contar com o auxílio de um purificador de ar.

Os modelos que conseguem eliminar ácaros, fungos, bactérias, cheiro de cigarro, poluentes e até mesmo o odor dos animais de estimação, como o purificador de ar Sterilair, são os mais apropriados para pessoas alérgicas.

Esse aparelho ainda tem a vantagem de consumir pouca energia elétrica, podendo ficar ligado o tempo todo – prevenindo alergias respiratórias 24 horas por dia.

Você já conhecia essas dicas para prevenir essas alergias? Conhece mais algum alimento que deva entrar no cardápio de quem sofre com rinite ou asma alérgica? Deixe sua sugestão nos comentários!

Já pensou respirar melhor e ter uma sensação de bem estar dentro de ambientes fechados?

Livre-se dos vírus, bactérias e mofos presentes no ar. Tenha o ar puro que sua família merece!
Oferta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 4 =