Quarto Com Ar Condicionado Faz Mal?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

O aparelho necessita de uma série de cuidados para que não prejudique a sua saúde e ajude você a dormir melhor

Dormir no verão pode ser um desafio devido ao calor da estação. Muita gente tem o hábito de deixar o ar condicionado do quarto ligado a noite toda para desfrutar de uma boa noite de sono, mas será que o ar condicionado faz mal?

As altas temperaturas tornam o sono superficial e desconfortável, é normal até acordar diversas vezes durante a noite! Isso ocorre porque, para dormir bem, o corpo precisa diminuir a temperatura.

O ar condicionado pode, sim, ser uma solução, já que ele diminui a temperatura do ambiente e vai, consequentemente, ajudar o corpo a relaxar e a cair no sono.

Porém, não se esqueça que, embora seja muito útil para refrescar o quarto, o aparelho apresenta alguns perigos para quem tem algum tipo de doença respiratória ou alergia. 

Ele diminui a umidade relativa do ar, pode causar o efeito de choque térmico e, se não estiver com a manutenção em dia, vai ajudar a espalhar agentes que causam ou agravam as doenças respiratórias. Entenda um pouco mais sobre esses perigos:

Ressecamento do ar

Para que o aparelho possa diminuir a temperatura do ambiente, ele suga o ar e retira a umidade. A baixa umidade é uma vilã e causa uma série de incômodos para quem é sensível, pois as vias aéreas também ficam ressecadas.

Para ficar confortável, a umidade do ar deve permanecer entre 50 e 60%, mas você não precisa abrir mão de dormir com o ar condicionado para isso.

O uso de uma bacia de água ou de uma toalha umedecida próxima à cama ajudará a resolver esse problema. Hidratar-se antes de ir para a cama e se proteger do frio também são boas medidas para não sofrer com os efeitos adversos do ar condicionado.

Quarto com ar condicionado faz mal para doenças respiratórias?

Choque térmico

O ar condicionado faz mal quando você sai de um ambiente muito quente, como o banheiro após um banho, e entra em um muito frio, como o quarto com o aparelho ligado há horas.

O choque térmico desencadeia no organismo um mecanismo de defesa chamado de reflexo colinérgico. Essa resposta provoca espirros, congestão nasal e tosse. Para uma vida sem espirros, acabe com os sintomas da rinite. Para quem já sofre com as doenças respiratórias, a diferença de temperatura nem precisa ser tão brusca para que os sintomas surjam.

Para evitar essa situação, a recomendação é não deixar a temperatura do aparelho muito baixa. De preferência, coloque o ar condicionado no modo automático para que ele conserve sempre a mesma temperatura ao invés de ir diminuindo demais.

Entenda melhor sobre o ressecamento do ar e o choque térmico.

Falta de manutenção

A falta de manutenção é o principal perigo do ar condicionado. Se você possui um aparelho em casa, é essencial realizar a manutenção corretamente!

Quando o ar condicionado não está com a manutenção em dia, ele pode acumular em seu filtro e em seus dutos internos bactérias, vírus, mofo, ácaros e impurezas que causam as doenças respiratórias. Ao ser ligado, esses agentes alergênicos são lançados ao ar e desencadeiam uma crise. É essencial que você saiba como se prevenir de doenças respiratórias e para não acumular impurezas, utilize o eliminador de mofo.

De forma geral, você deve fazer a limpeza dos filtros do aparelho a cada 15 dias e a troca a cada três meses. No entanto, leia o manual de instruções ou conte com ajuda especializada, pois cada fabricante tem uma recomendação ideal para manter o aparelho.

Dicas para o bom uso do ar condicionado

O ar condicionado faz mal só se não for usado da forma correta. Saiba qual é a melhor maneira de aproveitar o aparelho para dormir bem nesse verão:

– Na hora de comprar o aparelho, olhe a quantidade de BTU/h. Quanto maior for essa unidade de medida, mais potente é o equipamento, mas é preciso considerar também o tamanho do cômodo e a quantidade de pessoas para evitar exageros.

– Antes de adquirir, também é essencial conferir qual é o tipo de manutenção que o aparelho vai precisar. Reflita se você será capaz de atender essa demanda, se precisará de uma empresa especializada, se tomará muito tempo e se o custo ficará acima do seu orçamento.

– O ideal é que o aparelho não esteja direcionado para a sua cama. Ajuste as pás para que elas fiquem viradas para o alto, na direção do teto. Essa posição também ajuda a potencializar a ação do aparelho.

– Faça uma lavagem nasal com soro fisiológico diariamente, de preferência antes de se deitar. Isso vai deixar as suas vias aéreas umedecidas por mais tempo.

– Deixe um copo d’água na cabeceira da sua cama. Se você acordar durante a noite, tome um gole para umedecer a garganta.

– Ao acordar, abra as janelas e deixe a ventilação e a iluminação natural arejarem a sua casa e permitirem que o ar se renove, levando embora os agentes que causam as doenças respiratórias.

Você já colocou nossas dicas em prática? Deixe nos comentários como funciona aí na sua casa!

Já pensou respirar melhor e ter uma sensação de bem estar dentro de ambientes fechados?

Livre-se dos vírus, bactérias e mofos presentes no ar. Tenha o ar puro que sua família merece!
Oferta

Este post tem um comentário

  1. Avatar

    Legal!

Deixe uma resposta

Fechar Menu