Coriza é gripe? Momento Ideal para Levar Seu Pequeno ao Hospital

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

O nariz escorrendo pode ter outras causas além da gripe. Entenda da onde vem a coriza e em quais sinais você precisa ficar de olho para saber quando procurar o médico

Ver seu filho com o nariz escorrendo já levanta suspeitas entre mães e pais, que se preocupam com a possibilidade de o pequeno estar ficando gripado, o que poderia deixar a criança de cama, sem poder ir à escola e sem vontade de brincar por alguns dias.

Porém, um nariz escorrendo nem sempre é sinônimo de gripe nem resfriado! Para ajudar você a identificar a origem do problema, hoje nós vamos conversar sobre o que é coriza, quais são suas origens e quando é hora de buscar atendimento médico. Vamos lá?

Coriza: entenda o “nariz escorrendo”

“Coriza” é o termo médico para o nariz escorrendo, ou seja, é aquela condição em que se nota secreção (muco) que pode ser transparente, amarelada ou até mesmo misturada com sangue saindo das narinas.

Para entender o que é coriza, precisamos deixar claro que ela não é uma doença em si, mas sim um sintoma que indica uma inflamação das fossas nasais, duas cavidades que vão das narinas até a faringe e são separadas por uma cartilagem.

A mucosa que recobre essas cavidades é recoberta por minúsculos cílios que funcionam como um filtro para impedir que microrganismos e outras partículas entrem em nosso organismo junto com o ar que respiramos.

Quando a mucosa nasal é atingida por um agente de irritação e fica inflamada, ela aumenta sua produção natural de muco na tentativa de oferecer uma resistência ainda maior, impedindo que o fator irritativo em questão chegue até o pulmão.

Na maior parte das vezes, esse muco consiste em uma secreção bem fluida, transparente e inodora, chamada coriza hialina, que escorre pelo nariz. Além disso, o nariz também pode ficar entupido e a pessoa pode apresentar espirros.

Causas mais comuns para a coriza

Agora que você já sabe o que é coriza, fica mais fácil entender que ela pode ter diversas causas. Em geral, seu surgimento se dá pela presença de alérgeno, vírus ou bactéria como veremos a seguir:

– Rinite alérgica

A coriza pode ser causada pela rinite alérgica, um dos problemas respiratórios mais comuns, que pode ser desencadeado por pólen, poeira, fumaça, pelos de animais, mofo, esporos, ácaros e até mesmo alterações climáticas, entre outros fatores que despertem alergia.

Nesse caso, a secreção é transparente e costuma ser acompanhada por espirros, coceira no nariz, na garganta e nos olhos e congestão nasal. Por isso, muitas vezes a rinite pode ser confundida com um resfriado, mas não há nenhum vírus envolvido nela.

– Infecção por vírus

Este é o caso da gripe e dos resfriados, quando a coriza será acompanhada por outros sintomas como espirros, febre, indisposição, dor de cabeça e dor de garganta, com intensidade variada dependendo do tipo do vírus.

Nesse tipo de infecção, os vírus destroem as células ciliadas (que contêm os cílios) da mucosa nasal, o que libera água e sais. Com isso, é produzida uma secreção bem líquida e em bastante quantidade, que escorre pelo nariz.

– Infecção por bactéria

Quando o quadro de coriza é causado por uma bactéria, a secreção costuma ser mais espessa e ter coloração amarelo-esverdeada. Se acompanhada por sensação de peso na cabeça e tosse, esse tipo de coriza sugere uma rinossinusite bacteriana.

Enquanto as infecções por vírus representam de 90% a 98% das rinossinusites, as infecções por bactérias correspondem de 2% a 10% dos casos e costumam ser consequência do ataque viral.

Isso acontece porque a mucosa tende a inchar na presença dos vírus, o que obstrui o orifício dos seios da face e impede a saída da secreção. Como o muco é um meio propício para a multiplicação de bactérias, instala-se uma infecção bacteriana secundária.

Tratamento da coriza

Em casa, as melhores medidas para tratar a coriza são assoar o nariz com frequência e lavá-lo internamente com soro fisiológico, de modo a facilitar a eliminação do excesso de muco.

Não existem medicamentos para combater os vírus do resfriado e da gripe, mas pode ser necessário fazer uso de antitérmicos, anti-inflamatórios e descongestionantes nasais para aliviar os demais sintomas como febre, dor e entupimento do nariz.

Já para a rinite alérgica, o tratamento inclui medicamentos anti-histamínicos, corticoides de uso tópico e vasoconstritores nasais. Tanto no caso dos vírus quanto da rinite, é necessário que o tratamento seja prescrito pelo médico.

Quando é necessário levar seu filho ao hospital

O principal sinal de que você deve buscar atendimento médico para o seu filho é quando a coriza dura mais de três dias e sofre alterações em sua cor e consistência, passando de transparente para amarela ou amarelo-esverdeada e ficando mais espessa.

Como vimos anteriormente, estes são sinais de que a coriza foi causada por uma bactéria ou de que a rinite, a gripe ou o resfriado propiciou uma sinusite bacteriana secundária. Em ambos os casos, o tratamento é feito com antibióticos.

Se a coriza não for devidamente tratada, ela também pode levar ao desenvolvimento de bronquite e pneumonia, especialmente em crianças.

Como evitar a coriza

As medidas para evitar o nariz escorrendo são as mesmas para evitar resfriados, gripes e rinite, por exemplo:

  • Manter os ambientes bem ventilados;
  • Evitar aglomerações e ambientes fechados;
  • Lavar as mãos com frequência;
  • Utilizar um purificador de ar;
  • Manter a casa devidamente limpa e livre de poeira;
  • Fazer a vacina da gripe;
  • Ter uma alimentação saudável.

A coriza é um sintoma que gera desconforto e merece atenção, mas ela não precisa ser motivo para desespero. Em geral, ela não está relacionada a uma doença grave, mas é preciso ficar de olho na duração dos sintomas e na coloração do muco para saber quando procurar o médico.

Lembre-se de que a automedicação oferece mais riscos do que benefícios, principalmente no caso das crianças. Por isso, o mais indicado é sempre buscar atendimento profissional quando você julgar necessário fazer um tratamento medicamentoso.

Já pensou respirar melhor e ter uma sensação de bem estar dentro de ambientes fechados?

Livre-se dos vírus, bactérias e mofos presentes no ar. Tenha o ar puro que sua família merece!
Oferta

Deixe uma resposta

Fechar Menu