Dificuldade Para Respirar? O Ar Poluído Pode Ser A Principal Causa!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

A poluição atmosférica é ruim para a natureza e para a sua saúde, mas é possível contribuir para reverter essa situação

Não importa onde você mora: nos últimos anos, você notou que a poluição do ar aumentou na sua cidade e que a sua saúde foi diretamente afetada, não é mesmo? Felizmente, há formas de amenizar esse problema.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 92% da população mundial vive em locais onde a qualidade do ar é inferior ao recomendado e 3 milhões de pessoas morrem todos os anos devido a doenças causadas pelo ar poluído.

Os principais poluentes encontrados no ar são o monóxido de carbono (CO), dióxido de carbono (CO2), clofluorocarbonetos (CFCs), dióxido de enxofre (SO2), dióxido de nitrogênio (NO2) e amônia (NH3).

Toda essa poluição tem como motivo principal as atividades realizadas pelos seres humanos. O uso de meios de transporte, a queima de combustíveis, a incineração do lixo e os resíduos industriais são os principais responsáveis pela má qualidade do ar.

Além de afetar negativamente o meio ambiente, a poluição atmosférica impacta na nossa saúde. O problema pode causar câncer, agravar doenças cardíacas, causar danos ao sistema imunológico e ao sistema reprodutivo.

A poluição também é a responsável por muitas das doenças respiratórias mais comuns, que se intensificam nessa época do ano devido à falta de chuvas.

Resfriado, gripe, rinite, sinusite, asma, bronquite e pneumonia são apenas alguns dos problemas causados pelo excesso de poluentes no ar. O principal sintoma dessas doenças é a dificuldade para respirar, mas elas também apresentam tosse, coriza, falta de ar e outros.

Doenças respiratórias interferem na qualidade vida da população. Porém, quem sofre com esse mal pode adotar medidas para amenizar a situação e também iniciar alguns hábitos que ajudam a reduzir a poluição, beneficiando não apenas a saúde, mas também o meio ambiente.

Use um purificador de ar

Em ambientes internos, como a sua casa ou o escritório em que você trabalha, use um purificador de ar. O aparelho remove as impurezas em suspensão no ar, impedindo que elas cheguem às suas vias respiratórias.

O aparelho filtra o ar – sem torná-lo mais úmido ou mais seco – que retorna ao ambiente mais limpo, puro e esterilizado.

Umidifique o ambiente

De acordo com a OMS, o nível ideal de umidade relativa do ar para o organismo humano é entre 40% e 70%. Em algumas cidades, o outono e o inverno são extremamente secos e o ar concentra os poluentes com agentes que causam doenças.

Para evitar, use um aparelho umidificador de ar para deixar o ambiente com a umidade ideal. Se você não tiver um desse, espalhe bacias de água ou panos úmidos nos locais onde você mais fica, como o seu quarto. Aproveite para descobrir também como tirar a umidade de ambientes fechados.

Faça uma lavagem nasal

A lavagem nasal é o tratamento indicado para sanar crises respiratórias, porém, ela também é uma ótima forma de se proteger contra as impurezas presentes no ar, pois a lavagem limpa e umedece as vias aéreas, o que vai ajudar na retenção dos poluentes.

Para fazê-la, use soro fisiológico e uma seringa, inserindo-a no nariz e espirrando até duas vezes por dia.

Coma alimentos que fortaleçam a imunidade

Há alimentos que contêm propriedade para prevenir e amenizar as doenças respiratórias, pois eles fortalecem a imunidade do organismo.

Por isso, acrescente em sua dieta alimentos como laranja, gengibre, alho, couve, semente de linhaça e peixes, que contêm vitamina C, ácidos graxos, anti-inflamatórios e antioxidantes. Além disso, evite o excesso de açúcares e gorduras. 

Hidrate-se

Beber água é essencial para o funcionamento do sistema imunológico e também para garantir a umidificação das mucosas do nariz e boca, por onde as doenças respiratórias costumam começar.

Diariamente, beba dois litros de água ou mais e deixe o ambiente sempre limpo, confira como evitar a proliferação de ácaros na sua casa.

Preserve a natureza

As árvores são as principais responsáveis por filtrar o ar e melhorar a sua qualidade. Portanto, é essencial fazer a preservação das áreas verdes que existem na sua cidade. Se você tiver a oportunidade, faça o plantio de árvores ao redor da sua residência.

Além disso, você pode adquirir algumas plantas para colocar na sua casa e melhorar a qualidade do ar internamente. Espada de São Jorge e lírio, por exemplo, são boas opções para cumprir essa função.  

 

Faça a reciclagem do lixo

Reciclar o lixo doméstico permite reduzir o consumo de energia para eliminá-lo e a matéria-prima necessária para a fabricação de uma nova embalagem, por exemplo, mas, atualmente, apenas 3% do lixo brasileiro é reciclado, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos.

Procure saber se na sua cidade é feita a coleta seletiva e qual é o dia correto para descartar a reciclagem. Se a prática ainda não é realizada, busque por pontos de coleta da prefeitura, em ONGs ou empresas responsáveis e leve o seu lixo até o local.

Evite usar o carro

Apenas na cidade de São Paulo, os carros são responsáveis por mais de 70% da emissão de poluentes, embora transportem somente 30% da população. O alto número de veículos circulando contribui para a poluição em muitas outras cidades.

Faça a sua parte e tente não usar o carro para se locomover. Dê preferência ao transporte público ou caminhe a pé, especialmente quando se trata de uma distância curta. Aproveite também o aumento do incentivo ao transporte de bicicleta e procure pedalar mais.

Gostou das nossas dicas? Deixe nos comentários e aproveite para conhecer melhor a Sterilair!

Já pensou respirar melhor e ter uma sensação de bem estar dentro de ambientes fechados?

Livre-se dos vírus, bactérias e mofos presentes no ar. Tenha o ar puro que sua família merece!
Oferta

Deixe uma resposta

Fechar Menu