Doenças Causadas Por Fungos: Livre-se Destes Problemas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Os problemas respiratórios são os mais conhecidos, mas os fungos também transmitem outras doenças, principalmente para o público de risco

Umidade, baixa luminosidade e altas temperaturas são ambientes ideais para o mofo e, se a remoção não for realizada rapidamente, você poderá contrair doenças causadas por fungos.

O mofo é um aglomerado de fungos que decompõem a matéria orgânica. Alguns fungos não fazem mal para a saúde humana, como o da penicilina e o do queijo gorgonzola. Porém, há alguns muito prejudiciais.

O mofo que se aloja em paredes, armários, roupas, ar condicionado, documentos e outros itens da sua casa pode fazer muito mal. É por isso que o mofo e o contato com os fungos em geral devem ser evitados.

Fazer a remoção do mofo, utilizar um purificador de ar, realizar a manutenção do ar condicionado, arejar e iluminar os ambientes e manter a casa limpa já são medidas eficazes de prevenção contra as doenças causadas por fungos.

Eles são responsáveis por uma série de problemas respiratórios, além de muitos outros que afetam a sua saúde, reduzem a qualidade de vida e podem representar risco de morte. Entenda quais são eles e como identificá-los:

 

Doenças respiratórias

Rinite

Alguns agentes, como os fungos, podem desencadear alergias, que provoca uma reação exagerada no organismo, fazendo com que as mucosas que revestem as cavidades do crânio fiquem inflamadas.

A inflamação provoca o inchaço das mucosas, a sensação de nariz entupido e produz secreções. É por isso que quem sofre com o problema precisa assoar o nariz o tempo todo, removendo o agente causador.

Como a doença é crônica, uma crise pode surgir quando a pessoa está em um ambiente onde há a presença de fungos. Se a reação for muito grave ou duradoura, o tratamento é feito com descongestionantes e anti-inflamatórios.

 

Sinusite fúngica

A sinusite pode ser causada por fungos que se alojam na cavidade nasal, provocando a inflamação e o acúmulo de secreções nos seios faciais.

Ela é causada por dois tipos de fungos, as leveduras ou as hifas, que formam uma massa que provoca inflamações e que pode levar a lesões nas mucosas nasais, além de dificultar a respiração e dor na face.

Essa doença é tratada cirurgicamente, pois é preciso remover o acúmulo de fungo e corrigir as alterações nasais que podem ter se formado, como desvio de septo e hipertrofia. Também são usados medicamentos antifúngicos. Aprenda também a como prevenir a proliferação de ácaros dentro da sua casa

Pneumonia fúngica

Essa doença causada por fungos pode ser de três tipos, dependendo do fungo responsável pelo problema: histoplasmose, coccidioidomicose e blastomicose. Em todos os casos, a doença se inicia quando o fungo é aspirado pela respiração, causando febre, tosse dor no peito e dificuldade para respirar.

A doença atinge principalmente os pulmões, mas, em casos graves, ela pode se propagar para outras zonas do corpo, como pele, ossos, articulações, membranas, medula óssea e até mesmo no cérebro – ocasionando a meningite.

A pneumonia fúngica é mais frequente e muito mais grave em pacientes que têm o sistema imunológico debilitado, como os portadores do vírus HIV.

Asma

A asma é uma alergia que pode ter diversas causas e uma delas é justamente os fungos. Os ácaros, que estão associados à presença de fungos, é um dos principais responsáveis pela manifestação dessa doença.  

Esse problema de saúde pode ser leve, com sintomas como tosse seca e persistente de vez em quando. O principal perigo, porém, são as chamadas crises asmáticas, em que sintomas como chiado no peito e falta de ar se intensificam.

Como a doença causa uma inflamação dos brônquios que revestem os pulmões, para ser tratada, utiliza-se um broncodilatador – a famosa bombinha – e, em alguns casos, anti-inflamatórios. 

Outras doenças

Além das doenças respiratórias, os fungos podem causar outros malefícios para a sua saúde, dos mais inofensivos aos mais perigosos.

O principal risco é para os pacientes que têm ou estão com a imunidade baixa, grávidas, idosos e crianças. Pessoas saudáveis têm menos chances de adoecer, pois o sistema imunológico conta com mecanismos para se defender contra os fungos. Não deixe de ver como tirar a umidade de ambientes fechados.

Onicomicose

É a famosa micose, causada por fungos que se alimentam da queratina presente nas unhas. Como ficam a maior parte do dia dentro dos sapatos, as unhas dos pés são as mais afetadas pela fragilidade, deformação e quebra, além do aspecto desagradável e odor ruim.

Candidíase

O fungo Candida habita pacificamente no corpo humano em partes úmidas, como boca, intestino e região genital. No entanto, eles podem desencadear infecções se o fungo invadir a corrente sanguínea, causando erupções nas mucosas. A mais conhecida é o sapinho, na região da boca.

Meningite fúngica

A doença é uma inflamação da meninge, membrana que reveste o cérebro e a medula espinhal. O contágio ocorre devido a inalação de ar com presença dos fungos Cryptococcus ou Coccidioides. A meningite crônica é rara e é difícil de ser curada, com alta taxa de mortalidade.

O ideal é se evitar as doenças que os fungos e o mofo causam. Uma solução simples para prevenção de doenças respiratórias são os aparelhos de esterilização de ar.

O esterilizador da Sterilair reduz até 99,9% dos microrganismos do ambiente como fungos, vírus e bactérias. Ele pode ficar ligado 24 horas por dia, o ano inteiro, pois possui baixo consumo de energia. Não requer manutenção, pois não há filtro ou refil a ser trocado.

E você, já sabia que os fungos causavam todas essas doenças? Compartilhe conosco nos comentários! 

Já pensou respirar melhor e ter uma sensação de bem estar dentro de ambientes fechados?

Livre-se dos vírus, bactérias e mofos presentes no ar. Tenha o ar puro que sua família merece!
Oferta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *