Como fazer lavagem nasal? É indicado? Tire todas as suas dúvidas!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Procedimento é utilizado para combater males respiratórios, quadros alérgicos e reduzir os efeitos da poluição

A lavagem nasal é um método natural de desobstrução dos seios da face. Assim como escovar os dentes, tomar banho, lavar as mãos, para alguns essa é mais uma etapa de limpeza do corpo diária, mas para outros ainda pode ser um assunto polêmico.

A irrigação nasal com solução salina é um procedimento que não apresenta contra-indicações ou até limites de idade. Apesar de também ser usado para eliminar a obstrução nasal, os especialistas alertam que não se deve confundir lavagem nasal com o uso de descongestionantes nasais.

O uso de descongestionantes é desaconselhado pelos médicos porque podem causar arritmia cardíaca, perfuração do septo nasal e até mesmo a morte, dependendo da quantidade usada. Sem contar nos casos em que o paciente fica viciado na substância e só encontra alívio com o seu uso.

Por que fazer lavagem nasal?

O nosso corpo é muito complexo e uma série de eventos precisam ser desencadeados para que um episódio como alergias e doenças aconteça. O congestionamento nasal, por exemplo, ocorre por conta da obstrução dos seios da face. E você, já parou para pensar sobre como isso acontece?

Primeiro, vamos falar um pouco sobre o funcionamento dos seios da face. O nariz e os seios paranasais são superfícies recobertas de mucosa. Eles são interligados com pontos do crânio e ossos da face que são responsáveis pelo equilíbrio da temperatura e umidade do ar inspirado.

Além da função olfatória, eles também desempenham um papel de filtrar o ar que inspiramos e também têm influência na reverberação da voz. Nesse tecido respiratório, estão os cílios microscópicos que se movimentam para remover o muco para fora dos seios.

lavagem nasal

Especula-se que essa movimentação ocorra de 2 a 3 vezes por hora, em boas condições para o funcionamento adequado dos cílios: temperatura e pH corretos, por exemplo. Quando acabamos inalando toxinas produzidas por bactérias, a capacidade de atuação dos cílios é comprometida.

Sem a movimentação esperada, os batimentos escassos destes cílios provoca o acúmulo de secreções, o que causa ainda mais facilidade para a instalação de processos infecciosos. É na necessidade da limpeza manual desses cílios que chegamos ao ponto chave da lavagem nasal.    

A limpeza do muco nasal garante a diminuição da inflamação local, secreções purulentas, restos de células e crostas, além de melhorar o funcionamento do sistema mucociliar como um todo. Uma revisão realizada pelo grupo Cochrane, em 2010, demonstrou que pacientes que fizeram lavagem nasal tiveram menor tendência a usar antibióticos.

Leia ainda: Rinite Crônica – Aprenda A Identificar Sintomas, Causas E Métodos De Prevenção

Então lavagem não faz mal?

A lavagem nasal não faz mal para adultos. O grande impasse que ronda a prática é quando adultos precisam fazer o procedimento em crianças. Como adultos são capazes de manter a respiração pela boca durante a lavagem, não existem grandes riscos. Mas as crianças podem acabar engasgando.

Por isso é preciso muito cuidado na hora de fazer o procedimento em crianças. Mas, ainda assim, a prática é recomendada por pediatras, uma vez que lavar o nariz com soro fisiológico ajuda a criança a não ficar tão incomodada para respirar, comer ou dormir.

A lavagem ainda ajuda a diminuir o risco de que a gripe evolua mais rapidamente para uma infecção bacteriana. Por exemplo, quando a secreção não sai pelo nariz, ela pode ser drenada ao ouvido, causando ainda mais incômodo.

Ela também é indicada para ser feita logo ao acordar, já que durante a noite produzimos mais secreção do que o normal, e ao final do dia para limpar o nosso nariz que fica exposto à poluição, vírus e bactérias.

Viu como a lavagem nasal pode ser uma aliada não só no combate de doenças, mas também na sua prevenção?

Você também pode gostar de: Faxina doméstica: Mantenha a limpeza e a qualidade do ar em ambientes grandes.

Os tipos de lavagem nasal

Água e sal – A lavagem nasal convencional é feita apenas com água e sal. Aqueça 200 mililitros de água potável e misture uma colher de chá de sal. A solução salina feita dessa mistura deve ser colocada em um irrigador nasal apropriado, e você deve repetir o procedimento nas duas narinas.

Enquanto faz em uma narina, mantenha a cabeça inclinada para que a água saia pelo outro lado. Ao finalizar a lavagem, expire com o nariz antes de realizar uma inspiração para limpar as narinas de qualquer resquício da solução.

Soro fisiológico – O soro fisiológico também é uma das fórmulas mais utilizadas para fazer lavagem nasal. Fácil de ser encontrado em farmácias, ele pode conter apenas uma solução simples e pura ou com conservantes.

Para utilizá-lo, é só lavar o nariz com a solução algumas vezes ao dia, com o auxílio de um conta gotas, aspirador nasal ou seringa.

Receita Caseira – Outra maneira de fazer a mesma solução para descongestionar o nariz é misturar 2 colheres de chá de sal marinho, 1 colher de chá de bicarbonato de sódio e 250 ml de água fervida. Aplique o líquido já morno no nariz congestionado até sentir alívio do sintoma.

Procedimentos aliados

Uma boa prática precisa sempre estar atrelada a outras para que continue dando certo. Assim como nos quadros de alergia a limpeza doméstica é fundamental para evitar o agravamento de crises, a escolha de um bom modelo de um purificador de ar potencializa o efeito da lavagem nasal.

lavagem nasal

Respirar poluição diariamente nas ruas pode complicar ainda mais o quadro de pessoas alérgicas, por isso é essencial que em casa você consigam ter um ambiente com ar esterilizado. Principalmente nas suas horas de sono, que é quando estamos mais vulneráveis.

Um modelo mais completo, como o Sterilair, é capaz de livrar o ar ambiente da sua casa de fungos, bactérias, ácaros e outros microrganismos praticamente invisíveis a olho nu. Ele também possui um baixo gasto de energia, o que faz com que possa ficar ligado 24h por dia tranquilamente.

Saiba mais: Sterilair funciona? Vale a pena comprar? Entenda porque você precisa dele!

E você, faz lavagem nasal? qual o seu método preferido? Conta para a gente!

Já pensou respirar melhor e ter uma sensação de bem estar dentro de ambientes fechados?

Livre-se dos vírus, bactérias e mofos presentes no ar. Tenha o ar puro que sua família merece!
Oferta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *