Tipos de ácaros: saiba tudo sobre ele e como se livrar desse incômodo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Entenda tudo sobre os microrganismos mais temidos entre os alérgicos

Você conhece todos os tipos de ácaros? Eles são seres microscópicos (medem entre 0,25 mm e 0,75 mm de comprimento) da classe dos aracnídeos, e com uma capacidade de evolução e adaptação incrível, têm explorado uma variedade enorme de habitats.

Segundo os estudiosos, atualmente existem cerca de 48 mil espécies de ácaros já descritas, mas uma estimativa assustadora revela que, na realidade, existem entre 500 mil e 1 milhão de tipos de ácaros.

Além dos ácaros domésticos, a maioria desses outros tipos vivem afastados dos seres humanos, como parasitas em plantas e animais, mas eles podem fazer um estrago e tanto se não forem eliminados.

Ainda na forma de larva, eles possuem três pares de patas. Na fase adulta, passam a ter quatro delas e ganham uma estrutura bucal para perfuração. Respiram por traqueias e podem viver tanto em ambientes terrestres quanto aquáticos.

É o ácaro doméstico o responsável por desencadear alergias respiratórias, como rinite, asma e até dermatite atópica. Eles sobrevivem bem em colchões, tapetes, almofadas, sofás, bichinhos de pelúcia e roupas de cama.

Isso porque nesses ambientes, eles se alimentam de escamas de pele humana e de animais, além de se reproduzirem muito rápido. Por exemplo, um metro quadrado de um tapete por ter até 100 mil ácaros. Assustador, não?

Mas, você já se perguntou porque os ácaros causam tanta alergia em humanos? Na verdade, o problema com eles está nos seus excrementos e nas carcaças dos ácaros mortos. Eles se dispersam na poeira fina que pode ser inalada com todos esses compostos.

representação do olhar microscópico do ácaro

Conheça os tipos de ácaros

Como introduzimos antes, existem muitos outros tipos de ácaros que não só os domésticos. Por isso, vamos te mostrar alguns outros exemplos, como o que parasita o homem, conhecido como Demodex folliculorum.

Eles podem atingir os folículos pilosos e as glândulas sebáceas provocando cravos. Outro caso do parasita pode irritar a área cutânea, como é o caso do Sarcoptes scabiei, causando a sarna humana.

Além disso, existem ácaros que podem destruir plantações. Esse é o caso do ácaro vermelho das palmeiras (Raoiella), ácaro hindu dos citrus (Schizotetranychus hindustanicus) e o ácaro da erinose da lichia (Eriophyes litchii).  Esses micróbios chegam a causar perdas de até 75% de produtividade.

Ainda existem ácaros específicos que podem afetar os pássaros, como é o caso dos Cnemidocoptes ssp. Os passeriformes, como canários e os periquitos, são os que mais sofrem com esse tipo de ataque.

Como acabar com os ácaros?

A melhor maneira de lidar com os ácaros ainda é a prevenção. Nesses casos, você pode adotar hábitos diários mais saudáveis, auxiliados por uma faxina doméstica bem regrada, por exemplo.

Pequenas atitudes podem fazer a diferença, como:

-Manter a casa sempre arejada, com cômodos ventilados, principalmente os quartos;

-Trocar e lavar semanalmente as roupas de cama;

-Usar capas protetoras nos travesseiros;

-Higienizar também semanalmente almofadas e colchões com aspirador de pó.

representação dos ácaros em uma cama de casal

Leia também: Limpeza de tapetes, travesseiros e móveis: como evitar as alergias?

Tudo isso vai te ajudar a se prevenir contra os ácaros, principalmente o que você fizer dentro do seu quarto. Lembra que os ácaros se alimentam dos restos da nossa pele? Passamos a maior parte do nosso dia dormindo, deitados na cama. Despejamos restos de pele nela.

Isso torna esse espaço específico um dos locais mais propícios para o surgimento deles. Para melhorar ainda mais a sua proteção, considere a aquisição de um purificador de ar moderno, como o Sterilair, já que os excrementos dos ácaros ficam pairando no ar.

Sozinho, ele é capaz de esterilizar o ar da sua casa, em cômodos de até 60 m³. Seja em dias mais úmidos ou dias mais secos, ele vai agir purificando o ar de casa, respeitando a área que ele é capaz de atingir, tornando a respiração nesses ambientes muito melhor.

A eliminação dos ácaros acontece após a eliminação dos fungos do local. Eles são importantes para o ciclo dos ácaros, e com a sua extinção, impossibilitam o desenvolvimento dos microrganismos, que também desaparecem.

E você, sabia que existiam tantos tipos de ácaros assim? Já usou um purificador de ar para impedir o aparecimento desses microrganismos? Conta para a gente nos comentários.

Não deixe de ver: Sterilair funciona? vale a pena comprar? entenda porque você precisa dele!

Já pensou respirar melhor e ter uma sensação de bem estar dentro de ambientes fechados?

Livre-se dos vírus, bactérias e mofos presentes no ar. Tenha o ar puro que sua família merece!
Oferta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *